Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Carnês do IPTU começam a ser entregues aos contribuintes no dia 1º
A primeira parcela vence no dia 12 de março
Por Assessoria | Postado em: 11/01/2018 - 16:32

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Contribuintes de Toledo começam no dia 1º de fevereiro a receber os carnês para o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em 2018.  Os Imóveis edificados na sede do município serão entregues via correio. Aqueles não edificados na sede do município deverão ser retirados na prefeitura. E os imóveis edificados ou não nos distritos deverão ser retirados na sede da Administração Distrital. Nas localidades deverão ser retirados nas associações comunitárias.  A primeira parcela do tributo vence no dia 12 de março.

Devido a alteração na legislação tributária a Taxa de Limpeza Pública deste ano e anos seguintes não será mais cobrada. Para o exercício 2018, o imposto sofreu uma atualização monetária de 2,07%. “O índice aplicado de correção é o Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) acumulado nos últimos doze meses (janeiro a dezembro de 2017)”, explica o diretor da Receita Jaldir Anholeto.

Conforme o responsável, nos casos em que o contribuinte realizou construção ou ampliação no imóvel com ou sem alvará de construção, o município fará o lançamento, com foto via satélite, e efetuará a cobrança devida do imposto. Também nos casos em que houve transferência de imóvel no exercício de 2017, a base de cálculo utilizada para o ITBI será utilizada para calcular o IPTU. Em torno de 50 mil carnês serão entregues.

O imposto é revertido em benefícios da população!

Ele lembra que o IPTU é uma das principais fontes de arrecadação municipal, e é um imposto que fica integralmente nos cofres do município, sendo utilizado em ações que contemplam diretamente a população. “São feitos investimentos na saúde pública, educação, limpeza e obras de urbanismo, recapeamento, entre outros benefícios voltados à comunidade”. Em 2017 o IPTU arrecadou R$ 33 milhões, com uma inadimplência de 22% em relação ao valor lançado, o que representa R$ 9 milhões a menos para os cofres públicos. Neste ano, a estimativa de arrecadação é de aproximadamente R$ 35 milhões.

PODE PARCELAR?

Quem preferir parcelar, pode efetuar o pagamento em até dez vezes. O vencimento das parcelas consta no boleto.

Como requerer a isenção do IPTU?

O contribuinte deverá retirar no setor de isenção do Departamento da Receita da prefeitura o formulário que, após preenchido e anexados os documentos deverá ser protocolado no período de 12/02/2018 a 30/05/2018.

 Quais documentos necessários para protocolar o pedido de isenção do IPTU e taxas?

No ato da retirada do formulário, no Setor de isenção do Departamento de Receita, será informado de acordo com cada caso.

Contas em dia!

Quem ainda estiver com débitos pendentes em relação aos anos anteriores deve procurar a Secretaria da Fazenda para regularização. A legislação municipal permite o parcelamento e o reparcelamento em até 60 vezes dos valores em atraso. De acordo com a pasta, cerca de 20% dos contribuintes estão inadimplentes.  

Últimas Notícias
Cotidiano 15 Out às 14:45
A solenidade de abertura contou com a participação do juíz de direito da comarca de São Miguel do Iguaçu
Cotidiano 15 Out às 13:24
A queda mais acentuada aconteceu de 2017 para 2018
Cotidiano 15 Out às 11:59
O javaporco tinha um peso aproximado entre 160 e 180 kg
Cotidiano 15 Out às 09:46
Usuários utilizaram o Twitter para reclamar do bug no software
Cotidiano 15 Out às 08:54
Camargo estava atuando atualmente como professor da Associação de Judô
Cotidiano 14 Out às 16:50
O grande volume de chuva provocou alagamento no local.
Cotidiano 14 Out às 11:00
Na verdade, essa bike é um meio-termo entre uma bicicleta elétrica e um ciclomotor
Cotidiano 13 Out às 13:16
Santa Helena lidera Ranking de chuvas na região
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento